Entender a esquizofrenia 
Desporto com os medicamentos para a esquizofrenia
Desporto com os medicamentos para a esquizofrenia

Desde que estou a ser tratado, sinto que os medicamentos travam-me os movimentos rápidos e duradouros me reduzindo a flexibilidade, como por exemplo correr.

Lembro-me que quando ainda não tinha iniciado o tratamento (antes de 2004) e quando abandonei a medicação (meados de 2006 a meados de 2008), que conseguia correr uma a duas horas seguidas sem parar. Hoje medicado só consigo correr 15 a 20 minutos seguidos o que me entristece, mas pelo menos para substituir isto consigo fazer caminhadas lentas de longa duração o que me anima!

Senti também diferença em andar de bicicleta. Antes conseguia pedalar depressa durante várias horas e agora depressa só 30 minutos a pedalar, o resto tem que ser devagar…

Há que aceitar e não, pois independentemente de a medicação travar os músculos, mais ou menos, nunca se deve desistir de praticar desporto.

Lute sempre!

Se não conseguir praticar um desporto, não desanime, talvez chegou a altura de começar com outro tipo de desporto…

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.1/5 (61 votos)

ONLINE
1




Total de visitas: 2838