Entender a esquizofrenia 
Motivo de abandono de minha medicação
Motivo de abandono de minha medicação

Quando comecei a ser medicado as alucinações, auditivas, visuais e sensitivas desapareceram.

Tudo parecia estar a correr bem, mas com o tempo reparei que estava a ganhar peso, a perder alguns sentimentos como o desejo por mulheres e estava a ficar impotente. A falta de desejo e impotência foram os motivos principais para eu mudar de medicação (de risperdal, para zyprexa). Com esta mudança vim ligeiramente a melhorar os meus sentimentos, mas continuava a sofrer de impotência e como estava à 2 anos e meio sem conseguir ter relações sexuais, mesmo tomando um medicamento para ajudar sexualmente, mas que não me lembro o nome, o qual foi a minha psiquiatra em Espanha que me receitou, não aguentei mais e deixei de tomar os comprimidos para a esquizofrenia.

Ao decorrer dos dias e semanas, fui notando diferenças na forma de sentir desejo por mulheres, o peso ia diminuindo-se e as alucinações iam aparecendo lentamente sem maldade.

O bom nisto era que já conseguia ter relações sexuais que me fizessem feliz a mim e às minhas amigas, mas o pior é que as alucinações ao aparecerem, mesmo sem maldade me faziam pensar: «Será que vou esgotar a minha paciência e fazer alguma coisa que me prejudicasse ou aos outros...?».

Aguentei-me 2 anos com as alucinações (sem tratamento), depois cometi vários crimes!

Hoje graças a Deus levo injeções mensalmente para um melhor controlo no tratamento, em substituição dos comprimidos para a esquizofrenia. Estas têm menos efeitos secundários, prejudicando menos que os comprimidos o desejo sexual e a relação, contudo por vezes uso suplementos alimentares para ajudar nos momentos em que estou um bocadinho em baixo, como o viagra e o seu genérico sildenafil jaba.

Conclusão:

Sem a medicação, seja em comprimidos ou injetável nós não somos nada, correndo o risco de fazer asneiras, seja em curto ou longo prazo. Antes de alguma coisa acontecer, vai-se notando diferenças nos nossos diálogos, na nossa maneira de pensar e de estar na vida e só depois é que se faz o que não está correto a nós próprios ou aos outros devido ao esgotamento de tanta paciência…

Quando um medicamento para a esquizofrenia provoca uma impotência grave, recomendo mudar de medicamento, pois cada corpo reage de maneira diferente a cada tipo de medicamento e essa mudança com certeza vai ajudar.

Nunca deixe de se tratar, seja humilde e peça ajuda, seja para o que for!

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.0/5 (138 votos)

ONLINE
1




Total de visitas: 4801